Lider Field
×

HOME SOLUÇÕES PARCEIROS CONTATO BLOG TRABALHE
CONOSCO
Mitos trade marketing">
Postado em: 31 de março de 2021 as 15:04:19

3 mitos sobre o trade marketing

Quando se fala em trade, as empresas entendem que se trata de uma variedade comum do marketing. No entanto, como já comentado por aqui, essa modalidade surgiu para facilitar e ampliar as técnicas de venda e estratégias no PDV de forma muito mais acessível. Mas, assim como tudo que é novidade (embora não seja o caso aqui), alguns mitos sobre o trade marketing podem tornar o conhecimento mais difícil.

 

“Tenho que investir muito para ter resultados”

Para começar é necessário de fato começar. Muita gente acredita que, quando se tem uma empresa e está precisando alavancar as vendas, é necessário fazer investimentos absurdos em marketing. Esse é, talvez, o principal mito sobre o trade marketing, porém a ferramenta é exatamente o oposto disso: ela é modesta e busca crescer conforme a empresa cresce, visando unicamente atingir um público maior. E, pensando nisso, existe uma variedade muito grande de público e esses clientes podem muito bem se interessar pelo simples, porém criativo, do que pelo elaborado e confuso.

 

“As lojas físicas irão acabar”

Outra situação que não está clara sobre o trade marketing é a relação com a tecnologia. Como explicamos no post “Comportamento do consumidor e trade marketing”, houve um impulso muito grande no e-commerce em 2020 e uma aplicação online do trade marketing. No entanto, apesar de permanecer no pós-pandemia, não será regra. O trade virtual serve como base para as vendas em lojas físicas, pois os anúncios e propagandas direcionam o cliente para a retirada em loja e para o “provador”. Ou seja, as pesquisas e aplicações online servem apenas como uma alternativa para o cliente, para que ele escolha a forma de adquirir o produto como preferir. E, isso significa que as lojas físicas não irão acabar.

 

“O consumidor atual sempre vai preferir a experiência das lojas virtuais”

De acordo com uma pesquisa feita pela revista “Consumidor Moderno”, em 2017, 60% dos brasileiros declararam preferir compras em lojas virtuais. No entanto, 14% dos entrevistados responderam que preferem as lojas físicas e que o principal fator para tal é a visualização completa e “ao vivo” do produto, além da possibilidade maior de julgamento in loco, a possibilidade de “levar na hora” e disponibilidade/rapidez para trocas e devoluções. 

Aqui, então, entra o trade marketing, responsável pela experiência tanto virtual quanto física do que está sendo vendido. Existem tipos e tipos de consumidores, shoppers ou clientes finais, e estes prezam sim por uma coisa: a variedade. Essa variedade vai continuar exposta em lojas físicas, principalmente tratando de uma marca exclusiva e/ou própria, mas pode ser que a experiência online não seja tão variada assim. Por isso, o trade aparece como um canal que une as duas situações, visando fidelizar ambos os tipos de clientes. Não é necessário escolher uma forma de vender, pois você pode utilizar quantas achar necessário, mas é necessário entender as particularidades do mercado e, principalmente, do seu consumidor. Ele tem razão, não se esqueça.

 

Ainda não se convenceu sobre o trade marketing em seu PDV? Entre em contato com a gente e agende um horário para conversar. A Lider Field está aguardando ansiosamente por você!





Veja mais

COPYRIGHT DANBTEC8 ©.TODOS OS DIREITOS RESERVADOS